quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

MÓD.2 - Aula 5 (11/12/2010)


No dia 11 de dezembro, nos encontramos para a nossa última aula do ano de 2010 do profuncionário. Tivemos uma aula diferente. Marcamos de nos encontrar na RPC TV (Canal 12) no Bairro Mercês. Foi um encontro bem descontraído e com muitas informações.
Foi-nos passado toda a história da TV no Paraná.  Em 29 de outubro de 1960 Nagibe Chede (apaixonado pelo rádio) inaugura a TV- Paranaense – Canal 12. Em suas instalações, tinha  recursos primários e pouca tecnologia. Sua principal programação era o jornalismo e filmes americanos.
   Em 1955, em viagem de turismo pelos Estados Unidos, adquiriu  a câmera de televisão que, mais tarde, acoplada a um transmissor de 10 W, geraria as primeiras imagens que proporcionaram aos curitibanos momentos de encantamento. Contando com a colaboração de seu amigo Pedro Stier, proprietário das Lojas Tarobá, que acreditando nessa ideia maluca cedeu suas vitrines para a instalação da pequena câmera. As imagens fizeram com que os curitibanos pudessem assistir à primeira transmissão de imagens, aglomerando-se maravilhados na frente da loja no Edifício Garcez.


O estúdio era em um pequeno apartamento no centro de Curitiba (Tijucas). As primeiras transmissões eram em preto e branco sem videoteipe nem satélite. Os programas eram ao vivo e com muita improvisação. E como era comum naquela época, os apresentadores eram profissionais do rádio.  A TV Paranaense tinha grandes profissionais como: Alcides Vasconcelos (telejornalismo); Renato Mazanek (diretor da rádio, diretor de TV e ator); Romualdo Ousaluk (diretor artístico); Silas de Paula (cameraman e ator); Moraes Fernandes,  Elon Garcia, Jamur Júnior  (apresentadores); Meire Nogueira (Garota propagada) entre outros.  Nesse mesmo ano, surge uma emissora concorrente: Canal 6. E logo mais tarde  inaugura-se a Emissora Canal 4 do Empresário e Político Paulo Pimentel. Começa então uma disputa por atores e principalmente patrocinadores.
            Aos pouco a emissora foi desenvolvendo a sua estrutura e em 1965 a TV Paranaense começa a utilizar o videoteipe (consiste numa fita de material plástico, bastante fina, que tem uma cobertura de partículas magnéticas, usada para o registro de imagens televisivas ao passar por aparelho em que as partículas são ordenadas.) e passa a transmitir em primeiro lugar a TV em cores. A Sociedade com a Rede Globo trouxe mais equipamentos e expansão.
            A TV Paranaense mudou-se do Edifício Tijucas quando começou a crescer, passou por algumas sedes até chegar ao belo Palácio Lupion, no bairro do Batel, que é hoje sua sede.
            Desde então a Emissora Paranaense vem se aperfeiçoando e andando paralelamente com a tecnologia e foi mais uma vez a primeira a transmitir o sinal digital no Paraná.

video





Galeria de modelos antigos de câmeras filmadoras, expostas na RPC.



Aparelhos utilizados na écopa.

Fotos Diversas...







Um comentário:

  1. D++++ tua postagem.... A minha ficou no chinelo!! E as fotos então, nem se fala, muito bem tiradas!! Coisa de profissional..... rs

    ResponderExcluir